• Claudia Godoy

Vilović: Croácia investe R$ 25 bilhões em emprego e isenção de impostos na luta contra a Covid-19


O governo croata investirá R$ 25 bilhões na preservação dos empregos e isenção de impostos, além de outros benefícios públicos. "Dessa forma, foram salvos mais de 60 mil empregos e 100 mil empregadores atingidos pela pandemia de Covid-19", informou o embaixador da Croácia, Ranko Vilović. Segundo o diplomata, o turismo recebe atenção especial do governo em função da importância do setor para a economia croata, mas a queda na área foi menor do que o esperado.

O embaixador da Croácia, Ranko Vilović. Foto: divulgação

O PIB croata registrou um declínio de 1,3% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com as estimativas iniciais, já no segundo trimestre de 2020 o PIB é, em termos reais, inferior em 15,1% em comparação com o mesmo trimestre de 2019.

"Acreditamos que em 2021 a Croácia alcançará uma recuperação parcial e em 2022 uma recuperação total", informou o embaixador croata.



Veja a entrevista completa do Embaixador da Croácia, Ranko Vilović :

1. O Governo croata reagiu em tempo hábil após o surto do vírus no nosso país e adotou vários pacotes de medidas para mitigar os efeitos da epidemia e ajudar a economia. O grau das medidas em relação ao tamanho da economia, coloca a Croácia entre os pacotes mais generosos da União Europeia. Estamos entre os primeiros países da UE a iniciar a implementação de medidas para manter o emprego e a liquidez da economia.


Um total de 25 bilhões de reais aproximadamente foi direcionado pelo governo aos empresários, principalmente para preservação de empregos e isenção de impostos e outros benefícios públicos. Dessa forma, foram salvos mais de 60 mil empregos e 100 mil empregadores.


Algumas das medidas mais importantes:

- O governo continuará com medidas para cofinanciar o trabalho em jornada reduzida até o máximo de R$ 1.665,00 aproximadamente por trabalhador com contribuições, bem como estender medidas para microempresários até 31 de dezembro, que também ascende a R$ 1.665,00 aproximadamente por trabalhador, caso o empresário tenha queda no faturamento de 50%.


- Para atividades particularmente vulneráveis, o apoio de R$ 3.327,00 aproximadamente por trabalhador continuará até 31 de dezembro deste ano. Isto aplica-se, em particular, ao transporte de passageiros, serviços de bares e restaurantes, operadores turísticos e empresários relacionados com eventos recreativos, culturais, empresariais e desportivos, caso tenham uma redução do tráfego superior a 60%. E esse suporte inclui a baixa das contribuições relacionadas.

- Empréstimo COVID 19 com uma pronta garantia de liquidez - até o final do ano.

- Uma série de adiamentos das obrigações fiscais e tributárias devidas ao Estado no período de janeiro a junho; o adiamento do pagamento dos impostos foi até junho, passando a parcelar pelo prazo de 24 meses.


Todas essas medidas juntas custarão cerca de 665 milhões de reais até o final do ano.


2. No primeiro trimestre de 2020, o PIB croata registrou um declínio de 1,3 por cento em comparação com o período anterior e, de acordo com as estimativas iniciais, o PIB no segundo trimestre de 2020 é, em termos reais, inferior em 15,1% em comparação com o mesmo trimestre de 2019.

Acreditamos que em 2021 a Croácia alcançará uma recuperação parcial e em 2022, uma recuperação total da situação que é resultado principalmente do COVID-19.


O Governo está ciente da importância do turismo para toda a economia croata e direciona grande atenção à manutenção da estabilidade do sistema turístico, o que provou durante a pandemia que bons resultados podem ser alcançados apesar dos desafios que a indústria do turismo enfrenta a nível mundial. Os indicadores turísticos sofreram uma queda significativamente menor ao esperado, representando um melhor resultado ao estimado.


O Governo está ciente da importância do turismo para toda a economia croata e direciona grande atenção à manutenção da estabilidade do sistema turístico, o que provou durante a pandemia que bons resultados podem ser alcançados apesar dos desafios que a indústria do turismo enfrenta a nível mundial. Os indicadores turísticos sofreram uma queda significativamente menor ao esperado, representando um melhor resultado ao estimado.


Em croata - tradução da Embaixada da Croácia

1.Hrvatska Vlada je pravovremeno reagirala nakon pojave virusa u našoj zemlji te je donijela nekoliko paketa mjera kako bi se ublažile posljedice epidemije i pomoglo gospodarstvu. Hrvatska je po snazi mjera u odnosu na veličinu gospodarstva među najizdašnijima u Europskoj uniji, a i među prvima zemljama EU-a smo počeli provoditi mjere za održavanje zaposlenosti i likvidnosti gospodarstva.


Ukupno 30 milijardi kuna je Vlada usmjerila prema poduzetnicima i to uglavnom za očuvanje radnih mjesta i oslobađanje od poreza i drugih javnih davanja. Na taj način spašeno je više od 60 tisuća radnih mjesta i 100 tisuća poslodavaca.


Neke od najznačajnijih mjera:

- Vlada će nastaviti mjere sufinanciranja skraćenog radnog vremena od maksimalno 2 tisuće kuna (315 USD) po radniku uz pripadajuće doprinose, kao i produžiti mjere za mikropoduzetnike do 31. prosinca, koja također iznosi 2.000 kuna po radniku, ako je poduzetnik imao pad prometa veći od 50%.


- Za djelatnosti koje su posebno ugrožene, potpora od 4.000 kuna ( 630 USD) po radniku nastavit će se do 31. prosinca ove godine. To se posebno odnosi na prijevoz putnika, ugostiteljstvo, turoperatore i poduzetnike vezane uz rekreaciju, kulturne, poslovne i sportske događaje, ukoliko su imali pad prometa veći od 60%. I ta potpora uključuje otpis pripadajućih doprinosa.

- COVID 19 krediti za brzo osiguranje likvidnosti – do kraja godine

- niz odgoda obveza prema državi u razdoblju siječanj-lipanj; odgoda plaćanja poreznih obveza bila je do lipnja, a sada obročna otplata na rok od 24 mjeseca


Sve te mjere će do kraja godine zajedno koštati oko 800 milijuna kuna (126 milijuna USD).


2.U prvom kvartalu 2020. hrvatski BDP bilježi pad od 1,3 posto u odnosu na prethodno razdoblje, a prema prvim procjenama pokazuje se da je BDP u drugom tromjesečju 2020. realno manji za 15,1% u odnosu na isto tromjesečje 2019.

Vjerujemo kako će Hrvatska 2021.postići djelomični, a 2022. i potpuni oporavak od stanja koje je posljedica isključivo COVID-19.


Ova Vlada svjesna je važnosti turizma za cjelokupno hrvatsko gospodarstvo te veliku pozornost posvećuje održavanju stabilnosti turističkog sustava koji je i tijekom pandemije dokazao kako se mogu ostvariti dobri rezultati unatoč izazovima s kojima se industrija putovanja susreće na globalnoj razini.















61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com