• Claudia Godoy

Tapetes do Paquistão estão em alta, indústria têxtil adota técnicas mais sustentáveis


Com desenhos orgânicos e abstratos, os tapetes paquistaneses estão em alta nesse momento em que precisamos passar mais tempo em casa. A indústria têxtil contribui com 60% das exportações do Paquistão. É o principal setor do país. Praticamente toda a produção paquistanesa é vendida para o exterior. E agora o governo adota medidas para incentivar a indústria, que passa por reformulação e adota técnicas mais modernas e sustentáveis.

Além da qualidade os tapetes do Paquistão ajudam a remover a sujeira do ar e diminuem o impacto de quedas. Foto: Thaís Lobo
Tapete paquistanês. Foto: divulgação.

Com isso, o governo espera aumentar as receitas em 100% nos próximos cinco anos e deverá atingir quase US$ 30 bilhões. A Autoridade de Desenvolvimento do Paquistão é a responsável pela promoção dos tapetes. Estados Unidos, Alemanha, Itália, Reino Unido e Turquia estão entre os maiores compradores.


A indústria têxtil contribui com 60% das exportações do Paquistão. É o principal setor do país. Foto: divulgação.


Mágicos ou não, os tapetes fascinam a humanidade há muito tempo. A arte de tecer tapetes é uma das mais antigas do mundo. Existe há pelo menos 2.500 anos. E os do Paquistão estão em alta nesse momento em que precisamos passar mais tempo em casa. Foto: divulgação.

Além da qualidade os tapetes do Paquistão ajudam a remover a sujeira do ar e diminuem o impacto de quedas. As principais indústrias paquistanesas estão em cidades como Caracalat, Muzafarabad e Karachi, além de áreas próximas de Quetta, Pexawar e Lahore.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com