• Claudia Godoy

Singapura quer assinar acordo com Mercosul 

Atualizado: 3 de Out de 2019

Por: Claudia Godoy

Com um comércio bilateral de US$ 3,7 bilhões com o Brasil, Singapura já firmou acordos que vão desde a liberação de vistos de entrada no país ao tratado que evita dupla tributação no comércio bilateral com o Brasil.

Um edifício histórico de Singapura. Foto: Divulgação.

"Nosso primeiro-ministro Lee (Lee Hsien Loong) encontrou-se com o presidente Bolsonaro (Jair Bolsonaro) na recente cúpula do G20, em Osaka, em junho, e ambos os líderes concordaram que devemos trabalhar juntos para fortalecer ainda mais relações entre o Brasil e Singapura são boas e crescentes", disse o Chargé d'Affaires da embaixada de Singapura, Desmond Ng.

O diplomata recebe a vice-governadora da Paraíba na embaixada de Singapura.

O primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien Loong. Foto: Wikipédia.

Singapura vende para o Brasil principalmente componentes eletrônicos avançados, motores para jets e turbinas a gás. O Brasil exporta petróleo refinado e carne de boi e porco congeladas para Singapura. Existem mais de 50 companhias baseadas em Singapura com presença de negócios no Brasil.

"Nosso foco é na indústria de petróleo e gás, e nós operamos dois estaleiros no Brasil. Assim como prover serviços em áreas nicho para apoiar o ecossistema de petróleo e gás. Nós também somos os operadores do aeroporto internacional do Galeão no Rio de Janeiro", Desmond Ng.

Singapura é considerado o país mais verde da Ásia. Foto: Divulgação.

Em troca, grandes companhias brasileiras como Petrobrás, Vale, Embraer e Tramontina, estabeleceram sedes em Singapura.

"Em 2017 foi o 50º ano do estabelecimento de relações diplomáticas entre nossos dois países. Essa embaixada é a única embaixada de Singapura na América Latina, e isso mostra a importância que Singapura coloca nas relações com o Brasil", disse Ng.

O Brasil é o terceiro maior parceiro comercial de Singapura na América Latina, enquanto Singapura é o quarto maior investidor asiático no Brasil. Os serviços de troca estão no patamar de US$ 2.2 bilhões. "Nós assinamos vários tratados importantes com o Brasil. Um é o tratado de abolição de vistos, que elimina a necessidade de vistos para visitantes para os dois países", disse o diplomata.

A modernidade do país na sua arquitetura. Foto: Divulgação.

Os dois países também já assinaram tratado para evitar dupla tributação, em 2018, e começaram as negociações com o Mercosul para um tratado de livre comércio.

"Esses são sinais de que as relações estão crescendo. Nosso primeiro ministro Lee encontrou-se com o Bolsonaro, na recente cúpula do G20 em Osaka, em Junho, e ambos os líderes concordaram que devemos trabalhar juntos", Ng.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com