• Claudia Godoy

Sérvia é o país que mais cresce na Europa, diz presidente Vucic

Atualizado: Jan 27


Com informações da Embaixada da Sérvia

O presidente sérvio Aleksandar Vucic ressaltou que a Sérvia é o primeiro país da Europa em termos de crescimento econômico, o que oficialmente será confirmado no fim de março, sendo que isso foi possível graças às medidas de reforma adotadas desde 2014 e a rápida abertura do país após a primeira onda do cororavírus.

O presidente destacou que a Sérvia teve um crescimento de 5.2% no primeiro trimestre, enquanto que na zona do Euro houve -3.2%, no segundo trimestre a Sérvia teve um crescimento de 6.3%, enquanto que na zona do Euro houve -14.7%, e no terceiro trimestre, quando a zona do Euro obteve -4,3%, a Sérvia figurou com – 1,4%. Vucic ressaltou que Montenegro, por exemplo, obteve -26% no terceiro trimestre.

Além disso, o presidente enfatizou que hospitais foram construídos e renovados no nosso país, e que dois hospitais foram construídos do zero em apenas quatro meses.


Ele disse ainda que foram feitos significantes esforços na busca por respiradores, máscaras, luvas, roupas protetoras e remédios, ressaltando que tudo que mostrou-se necessário, foi realizado em 10 hospitais gerais pela Sérvia, levando-se em conta que estes grandes feitos foram somente possíveis devido ao sucesso das reformas de 2014, com a promulgação da Lei Trabalhista, a qual obteve excelentes resultados, bem como através da consolidação de medidas fiscais.


"Estes são resultados inesperados para a Sérvia. Alguma vez antes a Sérvia foi a primeira na Europa em termos de taxa de crescimento? Obteremos os resultados em 31 de março que confirmarão que a Sérvia é a número um da Europa. Tudo isso foi possível graças ao povo que acreditou em mudanças difíceis”, Vucic disse.


De acordo com o presidente, este ano, o máximo de seis rodovias foram construídas na Sérvia ao mesmo tempo, e neste sentido, ele destacou que a Bulgária anunciou que a rodovia desde a nossa fronteira até Sófia será completada até o fim do ano, após a qual será possível o uso da rodovia para viajar atpé Istambul, o que é muito importante para assegurar nosso país em uma rota de transporte.


O presidente Vucic enfatizou que em 2020, o chamado ano do corona, nosso país teve um influxo de investimento direto no valor de 2.9 bilhões de euros, e três bilhões de crescimento, o que significa que várias empresas estrangeiras tais como a Toyota Tires, Boysen, ZTF e Brose tem investido na Sérvia mesmo neste ano de crise.


O presidente disse que a Sérvia tem os mais altos salários médios na região, chegando a 511 ou 512 euros, e que em fevereiro, devido ao crescimento de janeiro, o salário médio será de 535 ou 536 euros, e que somente em Belgrado nos últimos sete anos o salário médio aumentou em 180 euros ou 40%.


O presidente disse ainda que a Sérvia foi a quarto país na região em termos de salário anteriormente, e que hoje é oficialmente o primeiro, sendo que a diferença em relação aos outros países será somente um aumento mais rápido. Ele também destacou que a taxa de emprego está crescendo na Sérvia, bem como nossa dívida pública aumentou menos que a maioria dos países europeus. Isso é demonstrado pelos dados de que na Itália a dívida pública cresceu 156%, na Alemanha 87%, na França 114% e na Croácia 88%, enquanto que na Sérvia ficou em 57%.


O presidente sérvio anunciou que até 15 de fevereiro, um pacote adicional de assistência à economia será adicionado, e explicou que haverá una nova injeção de capital para empresas, ao comércio, empreendedores e pequenas e médias empresas que, de acordo com ele, engloba 1,052,00 milhão de pessoas no sistema.


Vucic especificou que o mais provável será uma ajuda na forma de dois ou três pagamentos no valor de meio salário mínimo cada, e que também haverá ajuda setorial ao turismo, donos de hotel, agências de turismo, guias e transportadoras de ônibus, através de outro pagamento de meio salário mínimo.


O presidente acrescentou que esforços serão feitos para extender os esquemas de garantias, os quais provaram-se ser excelentes, no valor de 1.5 bilhão de euros, e que ao mesmo tempo através do mesmo sistema, duas mais porções no valor de 500 milhões de euros serão providenciadas.


Vucic disse que os primeiros acordos com a DFC no valor de 300 a 400 miçhões de dólares são esperados em sete dias.


Ele também destacou que tal esforço irá auxiliar pensionistas adiante, em relação ao aumento das pensões em 5.9% em janeiro, no qual será refletido em seus contracheques de fevereiro, ressaltando que que em março os pensionistas receberão uma ajuda simbólica na forma de pacotes com vitaminas C, D e zinco, no qual, o presidente disse, são pequenas coisas, mas que refletem o cuidado estatal e esforços para proteger a saúde.


O presidente anunciou que negociações na aquisição da vacina chinesa serão completadas nos próximos sete a oito dias, após as primeiras doses das vacinas Pfizer e Sputnik V terem chegado na Sérvia, sendo que a vacina chinesa foi de excelente qualidade, mas provavelmente a mais cara, razão pela qual o presidente escreveu ao seu homólogo chinês buscando um desconto para nosso país.


Vucic agradeceu aos americanos por decidirem vender a vacina ao nosso país e ressaltou ninguém mais na nossa região além da Sérvia a recebeu, exceto uma pequena quantidade adquirida pela Albânia.


Ele destacou ainda que nosso país confia em suas próprias capacidades, e que nossa liderança estatal antecipou que vacinas dentro do plano europeu do COVAX chegará posteriormente.


O presidente rejeitou as alegações dos maus resultados da Sérvia na luta contra o coronavírus e que nosso país registrou a menor taxa de mortalidade por coronavírus na região.


Ele apresentou informações estastísticas indicando que a Eslovêna teve 144 mortes por 100,00 habitantes, a Macedônia do Norte 126, Bósnia e Herzegovina 123, Bulgária 115, Montenegro 115, Hungria 110, Croácia 107, Romênia 85, e Sérvia 51.


"A taxa de mortalidade na região é a seguinte: Bulgária 3.9, Bósnia e Herzegovina 3.7, Hungria 3.11, Macedônia do Norte 3.03, Romênia 2.48. Eslovênia 2.15, Croácia 1.99, Montenegro 1.4, e Sérvia 1.0. Isso pode ser visto por gráficos e não é fabricação”, o presidente mencionou.


Ele disse que o Estado brigará por vacinas, e que somente a Sérvia, nos Balcãs Ocidental, recebeu quantidades significativas de vacinas, além da Albânia em menor quantidade, e acrescentou que desde o primeiro dia de registro para abertura das vacinas, cerca de 63,000 pessoas inscreveram-se.


O presidente Vucic expressou sua crença de que o próximo ano será melhor que o anterior bem como que o coronavírus serpa derrotado através da vacinação dos cidadãos.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com