• Claudia Godoy

Romeno é autor estrangeiro com mais peças teatrais no Brasil, lembra Mera

Por: Claudia Godoy

"Já há alguns anos Matei Visniec é o autor estrangeiro que tem mais peças em cena no Brasil", disse o embaixador Stefan Mera (foto), que acaba de encerrar missão no Brasil, e tem formação linguística. Antes de partir para a Romênia, Mera concedeu entrevista.


O dramaturgo, escritor e jornalista romeno é saudado pelos críticos europeus como um sucessor de Eugène Ionesco, criador do Teatro do Absurdo.

Matei Visniec. Foto: Wikipédia


Saudado pelos críticos europeus como um sucessor de Eugène Ionesco, Visniec constrói fábulas em que a política foge do discurso dogmático para encontrar a comédia e o absurdo.


Outro traço constante na obra de Visniec é a presença de personagens históricos. Em suas encenações, reencontramos Stalin, Meyerhold, Tchekhov. Homens que surgem remodelados pela sua imaginação. Mas que ainda assim evocam um mundo que, de fato, existiu.


Visniec vive em Paris e se naturalizou francês. Com formação em história e filosofia e escreve peças de teatro desde a década de 1970. Obteve grande sucesso na França, Romênia e já foi montado em mais de 20 países.