• Claudia Godoy

Rei do Marrocos envia ajuda médica ao Líbano

O Rei Mohammed VI, do Marrocos, ordenou o envio de uma ajuda médica e humanitária de emergência ao Líbano, que inclui um hospital militar de campanha em Beirute, para atender os feridos na explosão ocorrida no porto da capital libanesa.

Sua Majestade enviou na terça-feira uma mensagem de condolências e solidariedade ao presidente da República Libanesa, Michel Aoun. Foto: divulgação.
O Rei Mohammed VI durante inauguração de tubulação de água no Marrocos. Foto: reprodução.

O hospital terá uma equipe de 100 profissionais, entre eles 14 médicos de diversas especialidades, como cirurgiões e traumatologistas. As instalações incluem um bloco cirúrgico, enfermarias, salas de radiologia e esterilização, além de um laboratório e de uma farmácia.


A ajuda marroquina também compreende medicamentos de primeira necessidade, alimentos e tendas, sem esquecer equipamentos de prevenção contra a Covid-19.


Sua Majestade enviou na terça-feira uma mensagem de condolências e solidariedade ao presidente da República Libanesa, Michel Aoun. Mohammed VI garantiu que o Reino do Marrocos se manterá, de forma constante, ao lado do irmão povo libanês.