• Claudia Godoy

RECEITASūü•ĎūüĆ∂ DOūüßÖūüßÄ MUNDO ūüć≤ - ūüáĻūüá≥ūüá≤ūüá¶ūüá≤ūüá∑

Os conhecimentos, as pr√°ticas e as tradi√ß√Ķes relacionadas ao preparo e ao consumo do cuscuz foram declarados, nesta semana, Patrim√īnio Imaterial da Humanidade.

A Unesco, (Comit√™ de Patrim√īnio da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas para a Educa√ß√£o, a Ci√™ncia e a Cultura) aprovou pedido em conjunto de Arg√©lia, Maurit√Ęnia, Marrocos e Tun√≠sia.

Os pa√≠ses argumentaram que o conhecimento e a pr√°tica de fazer cuscuz, parte integrante de seu patrim√īnio cultural, eram praticados por todas as popula√ß√Ķes de Arg√©lia, Marrocos, Maurit√Ęnia e Tun√≠sia, de todos os g√™neros, de todas as idades, sedent√°rios ou n√īmades, rurais ou urbano, incluindo os imigrantes, e em todas as circunst√Ęncias: dos pratos do dia a dia √†s refei√ß√Ķes festivas.


Receitas de cuscuz

A receita de cuscuz marroquino teve origem h√° muito tempo, na √Āfrica, e seu ingrediente base √© a s√™mola de trigo, que conta com in√ļmeros benef√≠cios para a sa√ļde por ser um ingrediente nutritivo e rico em minerais.

A receita tradicional consiste em hidratar os gr√£os, temperar e acrescentar os ingredientes que v√£o compor o cuscuz, que combina muito bem sabor e textura marcantes. No Brasil, o prato conta com ingredientes variados em sua composi√ß√£o e vers√Ķes distintas nas diferentes regi√Ķes do pa√≠s.

ūüćīūü•ß A receita traz uma vers√£o simples e pr√°tica do cuscuz marroquino que √© feita com a massa de semolina, √°gua e manteiga. O preparo consiste em misturar a manteiga com a massa e colocar √°gua quente com sal para hidratar os gr√£os, deixando-os absorv√™-la por completo. √Č uma op√ß√£o para quando se quer comer algo nutritivo na correria do dia dia, pois √© um prato gostoso e r√°pido. Voc√™ pode colocar tamb√©m legumes e carnes, de acordo com o seu gosto.


61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com