• Claudia Godoy

Por mártires, Azerbaijão faz momento de silêncio


O Azerbaijão fez hoje (04) momento de silêncio para homenagear a memória dos mártires da Guerra Patriótica que sacrificaram a sua vida pela integridade do Azerbaijão. O ícone do Dia da Memória é a flor oficial de Karabakh, o khari-bulbul, que é considerado o símbolo de Shusha, cidade na região de Nagorno-Karabakh, no Sul do Cáucaso.

O presidente Ilham Aliev e a primeira-dama Mehriban Aliyeva visitaram hoje a Avenida dos Mártires para prestar homenagem aos mártires do Azerbaijão. Ele depositou uma coroa de flores no monumento da Chama Eterna, enquanto a primeira-dama colocou flores no monumento. Foto: Embaixada do Azerbaijão.

Em 3 de dezembro, o Presidente da República do Azerbaijão, Ilham Aliyev, assinou uma Ordem sobre a comemoração dos mártires da Guerra Patriótica. Segundo dados da Embaixada do Azerbaijão, 2.783 militares das Forças Armadas do Azerbaijão morreram na Guerra Patriótica. Atualmente, 1.245 militares estão em tratamento em instituições médicas.


O movimento do tráfego foi interrompido por um minuto.Foto: embaixada do Azerbaijão.



Veja a nota completa da Embaixada do Azerbaijão

Hoje, 4 de dezembro, foi realizado, às 12h, um momento de silêncio em todo o Azerbaijão para homenagear a memória dos mártires da Guerra Patriótica que sacrificaram suas vidas pela integridade territorial do Azerbaijão.


Navios e carros tocaram sirenes em todo o país. O movimento do tráfego foi interrompido por um minuto.

O ícone do Dia da Memória é "Khari Bulbul", que é considerado o símbolo de Shusha.

Em 3 de dezembro, o Presidente da República do Azerbaijão, Ilham Aliyev, assinou uma Ordem sobre a comemoração dos mártires da Guerra Patriótica.


O presidente Ilham Aliev e a primeira-dama Mehriban Aliyeva visitaram hoje a Avenida dos Mártires para prestar homenagem aos mártires do Azerbaijão. O chefe de estado depositou uma coroa de flores no monumento da Chama Eterna, enquanto a primeira-dama colocou flores no monumento.


Eventos comemorativos em homenagem aos mártires da Guerra Patriótica serão realizados em todas as mesquitas, igrejas e sinagogas de todas as cidades e regiões do Azerbaijão.


A Embaixada da República do Azerbaijão também comemora a memória dos mártires fazendo minuto de silêncio. 2.783 militares das Forças Armadas do Azerbaijão morreram na Guerra Patriótica. Atualmente, 1.245 militares estão em tratamento em instituições médicas.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com