• Claudia Godoy

Para impedir avanço da Covid-19, Eslováquia testa 3 milhões de pessoas


O governo da Eslováquia realizou, este fim de semana, testagem em mais de 3 milhões dos 5,4 milhões de habitantes. O objetivo é impedir a propagação do vírus, que registra números preocupantes de casos diários no país. Bratislava estima o custo total da operação em 75 milhões de euros.

Os estrangeiros residentes ou visitantes na Eslováquia também foram testados grátis. Hungria e Áustria enviaram profissionais para auxiliar na testagem. A confiabilidade dos testes aplicados é de 70%.

"No primeiro dia de testes (sábado) houve algumas complicações e vários pontos enfrentaram quantidades enormes de interessados", disse a diplomata Jana Dzanibekova, que já trabalhou no Brasil. Ela acrescentou que o tempo de espera no domingo, segundo dia de testagem, no entanto, caiu bastante, passando a ser de 20 a 30 minutos apenas.

"No primeiro dia participaram do teste 2.581.113 pessoas, do quais os testes confirmaram 25.850 pessoas infectadas de Covid-19, ou seja 1 %", informou Dzanibekova.

O programa foi voluntário, mas quem não participou terá de ficar em quarentena por 10 dias.


Mais de 5000 locais de testes foram instalados em todo o país.




61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com