• Claudia Godoy

Outubro Rosa: Yossi Shelley ilumina embaixada de rosa

O embaixador de Israel, Yossi Shelley, aderiu à campanha de prevenção ao câncer de mama. A Embaixada de Israel foi iluminada na cor rosa na noite desta quarta-feira (7) para lembrar a importância da prevenção de um dos tipos de câncer hque mais mata as mulheres.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, estiveram presentes na embaixada. Shelley convidou as duas para conhecer a sucá, uma cabana construída nos jardins da embaixada que lembra proteção divina.

A sucá é construída no Sucot, que é um festival judaico, também conhecido como "Festa dos Tabernáculos", "Festa das Cabanas", "Festa das Tendas" ou, ainda, "Festa das Colheitas", tendo em vista que coincide com a estação das colheitas em Israel, no começo do outono.


O Sucot é celebrado com a construção de uma sucá, uma cabana com plantas na cobertura que lembram a proteção divina, quando os antepassados judeus viajavam pelo deserto.


Veja a nota do embaixador de Israel, Yossi Shelley:

Nesta noite, promovemos um importante evento na Embaixada de Israel que contou com as presenças ilustres da primeira-dama Michelle Bolsonaro e da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

A campanha do Outubro Rosa é de suma importância para levar informação a população feminina sobre prevenção e tratamento do câncer de mama. Ao ver o apoio que essa campanha ganha a cada ano, considero muito importante a adesão da Embaixada de Israel que irá iluminar o seu prédio de rosa.

Gostaria de também destacar os esforços de Israel no desenvolvimento de tecnologias no combate deste e de outros diversos tipos de câncer.

Ao final do evento, convidei a primeira-dama e a ministra para conhecer a sucá que construímos nos jardins da embaixada e pude explicar sobre o sentido da celebração do Sucot.