• Claudia Godoy

Olga Lazic celebra Páscoa ortodoxa com tradições sérvias

Atualizado: 20 de Abr de 2020



Para os brasileiros pode parecer um pouco confuso porque nós adotamos o calendário gregoriano (do Papa Gregório XIII), mas vou fazer o meu melhor para explicar isso para você. A Igreja Ortodoxa adota o calendário Juliano (do Imperador Júlio César) e a celebração da Páscoa nos países cristãos ortodoxos ocorre sempre no primeiro domingo depois da lua cheia que chega após o equinócio de Primavera. Deve, ainda, ocorrer depois do Pessach (a Páscoa judaica). Por isso, há uma diferença de dias entre os dois calendários, além dessas diferenças na celebração nas datas.

O Imperador Júlio César

O Papa Gregório XIII

s sérvios são um dos povos ortodoxos cristãos que adotam o calendário Juliano. Eles reuniram toda a família nesta sexta-feira Santa (17) para decorar os ovos e quando forem visitar os amigos os levarão como presente. A Páscoa deles é celebrada hoje (19). "Os ovos são o símbolo da Páscoa em nosso país ", explicou a embaixatriz da Sérvia, Olga Lazic.


"A sexta-feira é o dia mais triste da tradição cristã" disse a embaixatriz, lembrando a data em que os fiéis lamentam a crucificação injustificada de Cristo.

Ela acrescentou que no domingo eles batem um ovo contra o outro dizendo "Cristo ressuscitado! " e recebem como resposta "Verdadeiramente tem ressuscitado!".

Pela tradição ortodoxa sérvia, o ovo com a casca mais forte é o vencedor.

Eles cozinham os ovos com casca de cebola, o que lhes dá uma cor de bordeaux profundo. "Nós sempre guardamos um ovo vermelho até a próxima Páscoa. Ele é o Protetor da Família ", disse Lazic.

"Se faz (a pintura) com a família toda reunida. Quando visitamos amigos, levamos. São símbolos da Páscoa no nosso país", disse Lazic.


Nós sempre guardamos um ovo vermelho até a próxima Páscoa. Ele é o Protetor da Família ", disse Lazic. Foto: embaixada da Sérvia.


Neste sábado, na Sérvia, é celebrado o dia em que Jesus Cristo ressuscitou Lázaro dentre os mortos. É um dos feriados mais respeitados entre os sérvios e, em tempos normais, uma das festas mais alegres. Os sérvios dedicam este feriado aos filhos. Durante a chegada de Cristo a Jerusalém, segundo a história, as pessoas estavam com folhas de palmeiras e ramos. Por isso, os sérvios preparam guirlandas de salgueiros (eles não possuem palmeiras) para as crianças usarem como coroas na missa de domingo, na igreja. Transformadas em guirlandas, as coroas são levadas para casa e colocadas próximas aos ícones de santos padroeiros da família. Outro costume romântico relacionado a esse hábito é que os rapazes preparam também buquês especiais para as suas namoradas com os ramos de salgueiro e flores.


s coroas são levadas para casa e colocadas próximas aos ícones de santos padroeiros da família.
s sérvios preparam guirlandas de salgueiros (eles não possuem palmeiras) para as crianças usarem como coroas no domingo, na igreja. Foto: embaixada da Sérvia


As crianças também recebem outro símbolo cristão. "As crianças recebem sinetas ao entrar na igreja para colocar no pescoço. O sino representa a vitória de Cristo sobre a morte", disse Lazic. Depois da missa, as crianças saem sempre com os avós para comer doces ou tomar sorvetes. "Lembro que na minha infância o café da manhã era a refeição mais importante do domingo de Páscoa. Você já começa o dia com os ovos pintados, alegria e depois mesa cheia com coisas frescas: saladas, folhas, cebolinha, pimentão", recordou a embaixatriz da Sérvia.


Você já começa o dia com os ovos pintados, alegria e depois mesa cheia com coisas frescas: saladas, folhas, cebolinha, pimentão", recordou a embaixatriz da Sérvia. Foto: embaixada da Sérvia.


61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com