• Claudia Godoy

Praga de gafanhotos que se aproxima do Sul do Brasil, também assola África e Ásia

A nuvem de gafanhotos de que se aproxima do Sul do Brasil e deixou estragos no Paraguai e Argentina, já assola, há meses, parte da África, Oriente Médio e Sudeste Asiático.


A FAO ( Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), informou que a nuvem de gafanhotos deste ano é a pior na região do Chifre Africano em 25 anos e a pior no Quênia em 70 anos.


Os gafanhotos estão se locomovendo entre a Índia, Paquistão e o Irã, além de passarem pelo Sudão, Sudão do Sul e Etiópia, que, segundo a patrulha de gafanhotos da organização, estão em alerta máximo pelas próximas quatro semanas, quando os insetos podem causar maiores danos às plantações.

A área, que já é bastante vulnerável, pode sofrer ainda mais com a falta de alimentos, aumento nos preços e outros impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.


A ONU recomenda que as autoridades locais se preparem.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com