• Claudia Godoy

Data nacional da Suíça teve drive-thru e túneis com telões de LED com história

O embaixador da Suíça, Andrea Semadeni, disse que em função da pandemia de Covid-19, a celebração dos 729 anos de aniversário de seu país, este ano, foi atípica. "Trouxe grandes mudanças e desafios, mas trouxe oportunidade de se reinventar", afirmou o diplomata.

"Trouxe grandes mudanças e desafios, mas trouxe oportunidade de se reinventar", afirmou o embaixador da Suíça, Andrea Semadeni.

Semadeni fez um balanço das atividades da Embaixada da Suíça desde o ano passado, com a comemoração dos 200 anos de imigração suíça ao Brasil. A data foi celebrada com um passeio de bicicleta e a iluminação do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, com as cores suíças.

Os convidados puderam apreciar a história da Suíça contada em telões num túnel instalado na entrada da representação diplomática.

O embaixador lembrou, ainda, a inauguração do mais moderno aeroporto do Brasil, em Florianópolis, e o apoio da Embaixada e de empresas suíças aos programas de solidariedade durante a pandemia no Brasil.

A tradição, a inovação e a preservação do meio ambiente estiveram presentes na história contada aos convidados.

Segundo a embaixada da Suíça, a festa da data nacional este ano foi uma experiência cultural e audiovisual, "100% segura". Os convidados puderam apreciar a história da Suíça contada em telões num túnel instalado na entrada da representação diplomática. A tradição, a inovação e a preservação do meio ambiente estiveram presentes na história contada aos convidados.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com