• Claudia Godoy

Moscou suspendeu "lockdown" nesta terça

Com informações da Embaixada da Rússia

A capital da Rússia virou, nesta terça-feira (9), uma página importante em sua luta contra o novo coronavírus.

Moscou começa a voltar ao normal depois de enfrentar a pior fase da pandemia de Covid-19. Foto: Embaixada da Rússia.

As autoridades anunciaram a suspensão do "lockdown" na cidade, permitindo passeios fora de casa.


E, assim, aos poucos, Moscou vai voltando a ser a animada megalópole que todos conhecemos e amamos. Veja os últimos dados da pandemia na Rússia, segundo os dados oficiais da Universidade Johns Hopkins:


O Ministério da Saúde da Rússia anunciou, há cerca de dez dias, o registro do primeiro antiviral eficaz no combate ao coronavírus. O medicamento afivavir apresentou grande eficácia durante ensaios clínicos, de acordo com o Frid (Fundo de Investimento Direto da Rússia). "O afivavir não é apenas o primeiro medicamento antiviral registrado na Rússia para tratar o coronavírus, mas talvez o medicamento mais promissor para curar a covid-19 em todo o mundo", disse o diretor-geral da Frid, Kiril Dmítriev. 

O afivavir demonstrou grande eficácia contra os mecanismos de reprodução do coronavírus.

Segundo Dmítriev, esse medicamento foi desenvolvido e testado clinicamente "em tempo recorde", o que permitiu que ele se tornasse o primeiro à base de favipiravir - antiviral desenvolvido no Japão - registrado em todo o mundo.





61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com