• Claudia Godoy

Ministerio da Saúde chama médicos cubanos para o Mais Médicos por causa da Covid-19


O Ministério da Saúde chamou nesta quinta-feira (26) “médicos intercambistas, oriundos da cooperação internacional, para reincorporação ao Projeto Mais Médicos para o Brasil”.

Com a determinação, a médica cubana Yaime Perez Acuna (foto abaixo), que deixou de atuar em Crucilândia, em Minas Gerais, e passou a trabalhar como garçonete, deve ser convocada a voltar ao trabalho. Ela era a única médica de Crucilândia.



A crise provocada pela Covid-19 (o novo coronavírus) levou o governo a tomar a decisão.

Yaime decidiu ficar no Brasil após o fim do acordo com o governo cubano, em novembro de 2018, na esperança de fazer o Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras).


Yaime era a única médica que trabalhava em Crucilândia, cidade com pouco mais de seis mil habitantes. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município é de 0,651, pouco menor que o do Iraque, 0,654, segundo o programa da ONU.


A médica trabalhava no Programa Saúde da Família, atendendo pacientes com doenças crônicas, crianças e grávidas. A médica também fazia consultas domiciliares no interior do estado.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com