• Claudia Godoy

México anuncia apreensão de cocaína no porto de Manzanillo


Com informações da Embaixada do México

A Administração Geral de Alfândegas (AGA), em coordenação com a Unidade Naval de Proteção Portuária da Secretaria da Marinha-Armada do México (Semar) e a Procuradoria Geral da República (FGR) informam um golpe direcionado às estruturas financeiras do crime com a apreensão de um carregamento ilícito de 678,4 quilos de cocaína no porto de Manzanillo, Colima.


Porto de Manzanillo, em Colina, no México. Foto: Wikipédia

Esta apreensão foi realizada em 10 de agosto durante a inspeção não intrusiva de raios-X pelo pessoal da Alfândega pertencente ao SAT e à Unidade Naval em um contêiner descarregado de um navio de bandeira japonesa procedente da Colômbia, com destino final em Yokohama, Japão.


No momento da inspeção, foram encontrados 11 sacos pretos de ráfia, que continham embalagens em forma de tijolo. Foram retiradas amostras do material e com uma equipe para detectar substâncias ilegais, foi encontrada como resultado a cocaína, em um total de 575 embalagens e com peso de 678,4 quilos.


A carga ilícita foi colocada à disposição das autoridades competentes para a integração da pasta de investigação.

Com essas ações, a Alfândega, em coordenação com outras instâncias do Governo do México, reforça o ABC institucional que se traduz em: aumentar a arrecadação, reduzir a evasão e elisão fiscais e combater a corrupção.