• Claudia Godoy

Há potencial para melhorar relações com Brasil, diz Mavimbela, novo embaixador da África do Sul

Por: Claudia Godoy

País de Nelson Mandela, o icônico presidente que foi o líder mais importante da África Negra contra a segregação racial, a África do Sul acaba de enviar ao Brasil um novo embaixador. É Wellington Vusumuzi Mavimbela. Ele assume a missão acreditando haver potencial para melhorar as relações com o Brasil. Setores como comércio e investimentos são prioridade. Mavimbela disse estar ciente da contração das economias de Brasil e África do Sul em função da pandemia de covid-19. Para o novo embaixador sul-africano, a recuperação econômica vai depender da bem-sucedida implementação das vacinas contra a covid e da contenção da pandemia no mundo. Mas também de se dar oportunidade para a valorização da ciência, tecnologias inovação.

Wellington Vusumuzi Mavimbela assume a missão no Brasil acreditando haver potencial para melhorar as relações com o país. Setores como comércio e investimentos são prioridade. Foto: PR

O embaixador lembrou que na última visita que fez ao Brasil, em 2019, durante a Cúpula do BRICS, o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, acertou com Jair Bolsonaro, o seu homólogo brasileiro, que as relações entre as duas nações seriam ancoradas na cooperação agrícola. Mas também, ainda segundo Mavimbela, no potencial para a colaboração nos setores de Defesa, Energia Renovável, Ciência, Tecnologia e Inovação, além de Turismo, prioritário para a África do Sul. O embaixador sul-africano que acaba de chegar disse estar ansioso para garantir o relacionamento bilateral mais vibrante e dinâmico por meio da interação entre os povos. Mavimbela acrescentou que há muita sinergia entre Brasil e África do Sul nas artes, cultura, música e esportes, além de intercâmbios institucionais para capacitação entre as duas nações.