• Claudia Godoy

Fortune coloca na lista 133 empresas chinesas e 121 norte-americanas


Um total de 133 empresas chinesas figuraram na lista da Fortune Global 500 deste ano, incluindo as de Hong Kong e Taiwan, anunciou a revista Fortune, neste mês de agosto.

Global Fortune 500 é uma classificação das 500 maiores corporações em todo o mundo, conforme medido por sua receita. A lista é compilada e publicada anualmente pela revista Fortune.

A China assume um papel de liderança entre os países da lista, seguida por 121 empresas nos Estados Unidos.

Devido à reforma e abertura da China e ao rápido desenvolvimento econômico, cada vez mais empresas chinesas entram na lista nos últimos anos. Suas classificações da lista também aumentaram acentuadamente.


A empresa chinesa Sinopec ficou em 2º lugar, seguida pela State Grid Corporation e China National Petroleum Corporation, representando as três maiores empresas chinesas.


Um total de 12 empresas chinesas figuraram entre as 50 primeiras. Quatro delas são bancos, incluindo o Banco Industrial e Comercial da China (ICBC), o Banco de Construção da China (CCB), o Banco Agrícola da China (ABC) e o Banco da China (BBC).


Huawei ficou em 49º lugar na lista da Fortune Global 500 deste ano, seguida pelo China Railway Engineering Group Co Ltd (CREG).


Um total de 25 empresas recém-listadas e re-listadas estão na lista deste ano, das quais 8 são empresas chinesas recém-listadas.


O comércio global é a força motriz para o sucesso das empresas globais, e a capacidade de explorar novos mercados e de exportar também são fatores-chave, disse a revista.


Quando a primeira lista Global 500 foi lançada em 1995, o comércio global representava menos de 39% do PIB, e aumentou para 59% em 2018, segundo dados do Banco Mundial.


As classificações de 7 empresas de internet listadas subiram acentuadamente, entre elas, o Alibaba da China subiu mais para 132º lugar este ano, 50 lugares acima de 2019. JD.com, Tencent e Xiaomi ficaram em 102º, 197º e 422º lugares.


Os bancos são as empresas chinesas mais lucrativas da lista, porque os lucros de 10 bancos chineses listados representaram 44% do lucro total de todas as empresas do continente chinês.


Nos últimos 20 anos, desde que a China entrou na Organização Mundial do Comércio (OMC) em 2001, as empresas chinesas modernas cresceram de pequenas para grandes.


No próximo estágio, essas empresas crescerão de grandes empresas para fortes com competitividade mundial, disse a Fortune. 

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com