• Claudia Godoy

Finlandês cria método para ensinar música a crianças especiais

Por: Embaixada da Finlândia

O que fazer quando você quer aprender a tocar um instrumento, mas não sabe as notas musicais? É impossível lembrar todas as músicas de cor, certo? Existe alguma forma mais fácil de escrever músicas do que em notas musicais? O método Figurenotes, notas musicais em figuras, foi desenvolvido justamente para essa finalidade: facilitar o aprendizado da música.

O musicoterapeuta finlandês Kaarlo Uusitalo criou Figurenotes em 1996 e, ao lado do professor de música Markku Kaikkonen, começou a desenvolver aplicações do método para ensinar música para crianças com deficiência, fundando o Centro de Serviços Musicais Resonaari, em #Helsinque. Eles começaram a dar aulas a crianças que, por qualquer razão, não se adaptavam aos métodos tradicionais.

No Figurenotes, as notas musicais são distintas por cores e formas diferentes. Especialmente as cores ajudam as crianças a perceber as notas de forma mais concreta. Além do aprendizado, o método propicia emoções de êxito e de conquista da habilidades, aumentando a autoestima e a autoconfiança, ingredientes que enriquecem a motivação dos estudantes. Com isso, são desenvolvidas habilidades cognitivas e a capacidade de processar informações.


Inicialmente, o método Figurenotes foi desenvolvido para aulas de músicas a crianças especiais, mas experiências recentes mostram que o método é útil também para o ensino infantil e os primeiros anos do primário. As crianças não apenas aprendem a tocar, mas também a compor. O método expandiu-se internacionalmente e, hoje, ensina-se música com Figurenotes na Estônia, Itália, Japão, Irlanda e Latvia - além da Finlândia, claro.