• Claudia Godoy

Exército mexicano prende suspeitos de crime organizado

Por Embaixada do México

A Secretaria de Defesa Nacional informa à opinião pública que em operação coordenada com a Procuradoria Geral do Estado de Guanajuato, foi realizada a prisão de José Antonio “N”, conhecido como “El Marro”, suposto líder e fundador do "Cartel de Santa Rosa de Lima" (C.S.R.L.).

José Antonio “N”, conhecido como “El Marro”

Como resultado das atividades de inteligência do estado mexicano, os membros do grupo criminoso foram localizados em dois edifícios no município de Santa Cruz de Juventino Rosas, Gto.


Obtido o mandado de busca emitido pela autoridade judicial competente e de acordo com o estado de direito, o mandato judicial foi concluído, com os seguintes resultados:

O provável líder da C.S.R.L. foi preso em um imóvel, onde estava acompanhado por Saulo Sergio “N”, conhecido como “Cebollo”, suposto chefe de segurança e quatro outros elementos dessa organização criminosa, os mencionados tiveram as seguintes garantias

- Cinco armas longas.

- Três armas curtas.

- Um lançador de granadas.

- Um veículo (pick up truck).

- Um quadriciclo e uma motocicleta.

- Uma mala com um número (com confirmação pendente da quantidade).

Além disso, uma pessoa do sexo feminino que teria sido sequestrada foi encontrada neste imóvel.


Em outro prédio, mais três pessoas foram localizadas, uma delas com mandado de prisão, garantindo o valor de US$ 36.400,00 (TRINTA E SEIS MIL QUATRO CEM PESOS 00/100 M.N.).

Os detidos e o assegurado foram colocados à disposição das autoridades correspondentes.


Com estas ações, o governo da República reafirma seu compromisso de continuar atuando em coordenação com as autoridades estaduais e municipais da federação, no âmbito do Plano Nacional de Paz e Segurança 2018-2024, para fortalecer a segurança e o bem-estar dos mexicanos.