• Claudia Godoy

EUA doam R$ 300 mil para combate da Covid-19 no Amazonas


Com informações da Embaixada dos Estados Unidos

Diante da crise sanitária instaurada em Manaus, o governo dos EUA, por meio da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional (USAID), o Grupo +Unidos, a Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) e a UNA+ formaram a iniciativa Juntos Pelo Amazonas para adquirir insumos hospitalares e para apoiar as ações de enfrentamento e combate à Covid-19 no estado do Amazonas.

Até o momento, a iniciativa arrecadou, por meio da parceria com o Mercado Pago, mais de R$ 300 mil em doações diretas. Além de fornecer equipamentos de proteção aos trabalhadores da área de saúde no estado, a iniciativa doou R$ 1,6 milhão para o programa Unidos Contra a Covid-19 da Fiocruz. O valor será empregado na construção de usinas de produção de oxigênio para apoiar os hospitais públicos da região. Até o momento, a fundação e o setor privado já doaram cinco usinas. Mais informações sobre a iniciativa, visite: https://ppa.org.br/ajuda-para-manaus/

Desde o início da pandemia da Covid-19, o governo dos EUA tem se comprometido em ajudar os amigos brasileiros. Com a escassez de oxigênio no estado, a Embaixada dos EUA adotou uma abordagem estratégica para ajudar a desenvolver soluções de curto e longo prazo para a produção local de oxigênio. Estamos trabalhando com parceiros brasileiros e norte-americanos para oferecer diferentes tipos de apoio às instalações médicas e aos residentes do Amazonas. Durante a deliberação do governo dos EUA, do Brasil e do estado do Amazonas sobre as possibilidades de apoio aéreo, o governo brasileiro encontrou maneiras mais aceleradas de resolver as necessidades imediatas do estado e continuará seus esforços para explorar outras opções para o transporte de oxigênio. Os EUA continuam a fomentar conversas regulares com o governo federal sobre a situação em Manaus.

O escritório de Pesquisa Naval Global (ONR) dos EUA disponibilizou uma bolsa de pesquisa de cerca de R$ 1 milhão para produzir ventiladores hospitalares de baixo custo, sendo que 40 deles já foram enviados a Manaus. Além de US$ 13.8 milhões como parte do apoio dos EUA no combate à Covid-19, o governo dos EUA também doou ao governo do brasileiro 1.000 ventiladores pulmonares para a distribuição em locais com mais demanda – equipamentos essenciais para o fornecimento de oxigênio aos pacientes hospitalizados. Continuamos em discussões regulares com o Ministério da Saúde sobre sua implantação estratégica. A assistência humanitária prestada durante a pandemia inclui apoio a atividades emergenciais em saúde, água, saneamento e higiene; US$ 2 milhões em fundos à saúde para apoio imediato a comunidades vulneráveis no Amazonas, prevenção e controle de infecções em unidades de saúde, água e saneamento e vigilância e resposta rápida à doenças e incentivo a investimentos do setor privado para mitigar os impactos não sanitários da doença.

O governo e o setor privado dos EUA estão fortemente empenhados em ajudar o povo brasileiro a combater à Covid-19 no Brasil e juntos já disponibilizaram cerca de US$ 75 milhões (R$ 414 milhões) para uma série de iniciativas, incluindo doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual, além de projetos de apoio a empreendedores, inteligência artificial e combate à desinformação. Informações detalhadas sobre iniciativas do setor privado norte-americano podem ser encontradas aqui: https://br.usembassy.gov/pt/informativo-assistencia-do-setor-privado-dos-eua-para-mitigar-os-impactos-da-covid-19-no-brasil/

Siga embaixador Chapman no Twitter @USAmbBR. As informações são atualizadas regularmente em nosso site. As nossas contas do Twitter, Facebook, Instagram e Flickr também fornecem atualizações regulares.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com