• Claudia Godoy

Estudos da Fiocruz sobre vacina para Covid-19 chegam à fase pré-clínica

Com informações da Bio-Manguinhos/Fiocruz

A Bio-Manguinhos (Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos)/Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) está conduzindo um projeto brasileiro para o desenvolvimento de uma vacina sintética para o novo coronavírus. Os estudos agora avançam para a fase pré-clínica, na qual aspectos de segurança são avaliados em modelo animal.


O projeto da Fiocruz soma-se a outras iniciativas institucionais nacionais, que incluem a avaliação e discussão de diferentes modelos de desenvolvimento e visam contribuir para a produção brasileira. Foto: Bernardo Portella

Mesmo em processo acelerado de desenvolvimento tecnológico, e com resultados positivos em todas as etapas futuras, a vacina não chegaria ao registro antes de 2022.