• Claudia Godoy

Epicentro do Covid-19, SP inicia quarentena 

São Paulo começou nesta terça-feira, 24, a quarentena em função do Covid-19, o coronavírus. A quarentena é obrigatória e foi estipulada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB) durante o fim de semana.

O governador de SP durante anúncio de medidas contra o Covid-19. Foto: reprodução.

Com a medida, todos os estabelecimentos comerciais não-essenciais deverão passar as próximas semanas fechados — com exceção de estabelecimentos como padarias, farmácias e supermercados. Será a maior experiência de "lockdown" já vista no país. Doria afirmou que o momento era uma operação “de guerra”. Mais de 54 milhões de habitantes e os 645 municípios do estado serão afetados pela medida. Até agora, somente a capital paulista estava com alguns estabelecimentos fechados, por ordem da Prefeitura. São Paulo representa o epicentro da crise do coronavírus no Brasil. O país tinha até a noite de segunda-feira ao menos 34 mortes e 1.891 casos confirmados, segundo o Ministério da Saúde.

Das mortes confirmadas, 30 estão no estado de São Paulo e quatro no Rio de Janeiro. O estado de São Paulo tem 745 casos confirmados e o estado do Rio, 233. A região Sudeste responde por 60% dos casos de coronavírus no Brasil.