• Claudia Godoy

Embaixador da Índia defende passaporte da vacina contra a Covid-19

O embaixador da Índia, Suresh Reddy, defendeu, nesta quinta-feira (26), um "passaporte da vacina contra a Covid-19" que permitiria a circulação de cidadãos imunizados da infecção. A ideia foi anunciada durante solenidade na embaixada indiana, em Brasília, quando foi celebrado Dia da Constituição indiana, além de apresentado dados sobre a produção de fármacos. A Índia é a maior fornecedora global de medicamentos genéricos, ocupando participação de 20% no fornecimento global em volume e também 62% da demanda mundial por vacinas.

O embaixador da Índia, Suresh Reddy, durante discurso que apresentou a ideia sobre o passaporte da vacina, além de celebrar o dia da Constituição indiana. Foto: Embaixada da Índia.

Reddy acrescentou que a sociedade mundial está tensa em função da pandemia e apresentou ainda dados sobre a indústria farmacêutica indiana, que é uma das maiores do mundo. O Brasil é o sexto maior importador dos produtos farmacêuticos da Índia. Os indianos ocupam a terceira posição mundial em produção em volume e a 14° em valor.


A Índia junto com a China controla a produção de remédios e equipamentos hospitalares, sendo fornecedora dos insumos necessários para a preparação das vacinas que estão sendo desenvolvidas contra o novo coronavírus.


Além disso, mais de 90% dos insumos farmacêuticos ativos no Brasil são importados. A Índia é o principal fornecedor mundial de medicamentos genéricos, fonte de 20% dos suplementos.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com