• Claudia Godoy

Embaixada do México mostra cactos com diversas utilidades e fungo que degrada plástico em 60 horas


A embaixada do México participou da 16° Semana Nacional de Ciência e Tecnologia apresentando algumas espécies de cactos, como o agave e o nopal. Eles são utilizados para preparar desde a tequila, bebida típica, até couro ecológico, tinta, tecido, sopas e biscoitos. "São muito versáteis", disse a encarregada de Assuntos de Cooperação Internacional da embaixada do México, Olívia Rodriguez.

Victor Fellipe (o segundo da direita para a esquerda), 13 anos, cursa o 7° ano, da Escola Municipal Clovis Guerra, de Anápolis, em Goiás. Fellipe ganhou o concurso que escolheu o símbolo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Ao lado dele, Olívia Rodriguez, a família e o organizador do evento.

Os mexicanos também apresentaram um fungo que degrada o plástico em cerca de 60 horas. Normalmente, o plástico demora 100 anos para se decompor.



A embaixada dos Estados Unidos também estava presente na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

A jornalista Renally Amorim, do INSA, o Instituto Nacional do Semiárido, que levou para o evento mais de 10 espécies de cactos.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi realizada no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.



Desenhos feitos por crianças que visitaram o estande da embaixada do México, em Brasília.

O nopal, um cacto típico do México, que é tão importante que aparece na bandeira mexicana.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com