• Claudia Godoy

Embaixada do Cazaquistão lembra 155 anos de nascimento de Alikhan Bukeikhanov

Com informações da Embaixada do Cazaquistão

A embaixada do Cazaquistão lembrou hoje (05) o aniversário de 155 anos de nascimento de Alikhan Bukeikhanov, político que organizou e liderou o Partido Democrático Nacional "Alash". Ele também foi o chefe do primeiro governo nacional cazaque de Alash-Horda. O político dedicou toda a sua vida à luta pela liberdade e independência política do povo do Cazaquistão.

Bukeikhanov era um público proeminente estadista, organizador e líder do Partido Democrático Nacional "Alash", chefe do primeiro governo nacional cazaque de Alash-Horda.

O político dedicou toda a sua vida à luta pela liberdade e independência política do povo do Cazaquistão.

Ele nasceu em 5 de março de 1866 no distrito de Karkalinsky da região de Karaganda (Cazaquistão Central) e foi baleado em Moscou em 27 de setembro de 1937.


O termo histórico "Alash" era um nome comum para aqueles antigos clãs, que mais tarde receberam o etnônimo "cazaque". No entanto, a proclamação do primeiro estado independente em 1918 levou a um conflito político. Uma vez que qualquer conexão com a Alash-Horda era uma das acusações padrão do regime stalinista contra a elite intelectual do povo cazaque, o slogan "nacionalista da Alash-Horda, inimigo do povo" tornou-se a base da repressão total contra aqueles que constituiu o "cérebro da nação".


Na década de 1920, Alikhan Bokeikhanov foi preso duas vezes. Em 1937, o político recém-detido foi encarcerado na prisão de Butyrka. Ele foi acusado de "... liderou a luta contra-revolucionária contra o poder soviético, estabeleceu contatos com os líderes do centro terrorista no Cazaquistão e Moscou." Em 27 de setembro de 1937, ele foi condenado à pena de morte. O veredicto foi executado no mesmo dia. Após 56 anos, Alikhan Bukeikhanov foi reabilitado.


🇰🇿Seu nome viverá para sempre.🇰🇿