• Claudia Godoy

Embaixada de Israel lamenta mortes em Lag Baomer no Monte Meron

Por: Claudia Godoy

A embaixada de Israel publicou nota de condolências às famílias das vítimas da tragédia de Lag Baomer no Monte Meron, na madrugada desta sexta-feira 29. "Nossas mais sinceras condolências para as famílias das vítimas dessa terrível tragédia que aconteceu ontem à noite durante as celebrações de Lag Baomer no Monte Meron", declarou a embaixada israelense.


Ao menos 45 pessoas morreram e mais de 150 ficaram feridos, dos quais dezenas estão em estado crítico, durante a celebração. Testemunhas disseram que as vítimas foram asfixiadas ou pisoteadas quando um alerta para evacuação provocou um tumulto. Dezenas de milhares de pessoas pulavam e dançavam durante o evento Lag B’Omer, no norte de Monte Meron, região da Alta Galileia, no norte do país.


Dezenas de milhares de judeus ultraortodoxos costumam se reunir no local, onde está o túmulo de Rabbi Shimon Bar Yochai, sábio do século 2, para comemorações anuais que incluem a noite inteira de oração e de dança, além de enormes fogueiras na encosta da montanha.