• Claudia Godoy

Embaixada da República Tcheca celebra fundação da Tchecoslováquia


Com informações da Embaixada da República Tcheca

No mês de outubro a embaixada da República Tcheca comemora um dos eventos mais importantes da história da República Tcheca, a fundação da Tchecoslováquia.

No outono de 1918, um novo país no meio da Europa conquistou sua independência nas ruínas do Império Austro-Húngaro, o estado nacional dos tchecos e eslovacos, com muitas minorias nacionais.

A mais numerosa minoria na Boêmia e na Morávia era a alemã, na Eslováquia e na Rutênia Subcarpátia a húngara. As personalidades principais dos preparativos do estado independente foram Tomáš Garrigue Masaryk, Edvard Beneš, Karel Kramář, Milan Rastislav Štefánik, Antonín Švehla, František Soukup, Alois Rašín, Vavro Šrobár e Jiří Stříbrný. Masaryk, Beneš e Štefánik eram figuras essenciais da resistência e do governo no exílio, Kramář liderava a Assembleia Nacional e o primeiro Primeiro-ministro da república nova, Štefánik, representava extraoficialmente a Eslováquia. Os últimos mencionados eram as cabeças das atividades nacionais e formaram o núcleo executivo do novo estado emergente – entraram na história como os Homens do 28 de Outubro.


O movimento pela independência nacional realizava-se na forma da resistência no país e no exterior. Tomáš Garrigue Masaryk, que liderava a resistência fora do território, estava ciente de que para a realização do objetivo precisava do apoio das potências que lutavam contra o Império Austro-Húngaro, e também de um exército que ele formava com voluntários tchecos e eslovacos.


O órgão principal da resistência nacional no país era a organização apelidada "Maffie" (Máfia). Coordenava as atividades de espionagem e de conspiração, troca de informações e mantinha a conexão com Masaryk no exterior.


A lei que promulgou a fundação do estado tchecoslovaco independente, em 28 de outubro de 1918, foi aprovada pela Assembleia Nacional da Tchecoslováquia. No mesmo dia, em Genebra, a delegação da Assembleia Nacional, dirigida por Karel Kramář, iniciou as negociações com o representante da resistência antiaustríaca no exterior, Edvard Beneš, para tratar a instituição e a forma do estado tchecoslovaco independente. Além de outras coisas, chegaram ao consenso de que o estado novo seria uma república.


No final de 1918, foi criada uma comissão com a finalidade de escolher a bandeira, entre as propostas apresentadas, que seria o símbolo da Tchecoslováquia inteira.


Ainda em 1918, foi lançado o primeiro selo de correio tchecoslovaco, desenhado pelo famoso pintor Alfons Mucha. A estampa era a Catedral de São Vito, de estilo gótico e situada no Castelo de Praga.


Em fevereiro de 1919, foi aprovada a lei da reforma monetária, proclamada a separação da moeda e começaram a ser impressas as primeiras coroas tchecas.


(Copyright: Lenka Lindaurová/Česká centra)


#tchecoslováquia #imperioaustrohungaro #história #tomasgarriguemasaryk #boêmia #bohemia #tchecos #republicatcheca

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com