• Claudia Godoy

Embaixada da Rússia felicita União Química pela produção do primeiro lote da Sputnik V

Por: Claudia Godoy

A Embaixada da Rússia felicitou hoje, 20, a União Química pela produção do primeiro lote da vacina Sputnik V que será distribuído para outros países da América Latina, já que ainda não há autorização da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) para o uso do imunizante no Brasil. Esta é a primeira vacina contra a covid produzida em um laboratório privado no país.


"A Embaixada da Rússia felicita a União Química pela produção do primeiro lote da vacina SputnikV que será usada na nossa luta conjunta contra a COVID-19", publicou a representação diplomática.

O laboratório União Química liberou nesta quinta-feira, 20, um lote de 100 mil doses da Sputnik V fabricadas no Brasil para distribuição na América Latina.

É a primeira vacina contra covid produzida em um laboratório privado no país.


Os executivos do laboratório não divulgaram quais países que vão receber esse lote. A capacidade de produção da União Química é de 8 milhões de doses por mês, atingindo até 100 milhões de doses por ano.