• Claudia Godoy

Embaixada da Argentina diz adeus a Quino, o pai da Mafalda

A Embaixada da Argentina publicou hoje (30) nota de agradecimento a Joaquín Salvador Lavado, o Quino, pai da Mafalda. Ele faleceu hoje aos 88 anos.

As tirinhas da Mafalda foram publicadas pela primeira vez em 1964, no contexto da ditadura argentina.

A primeira tradução das tiras de Mafalda no Brasil ocorreu na década de 1970. Apesar das tirinhas se passarem no contexto argentino, elas tinham caráter universal.

O escritor e filósofo Umberto Eco, por exemplo, dizia que Mafalda era “uma heroína zangada, que não aceita o mundo como ele é”. Na última terça-feira-feira (29), a personagem completou 56 anos.

O cartunista argentino tinha 88 anos, vivia em Mendoza, sua cidade natal. Sua morte foi confirmada através das redes sociais pelo seu editor, Daniel Divinsky.

Quino foi o cartunista de língua espanhola mais traduzido para outros idiomas. Através das redes sociais, outros cartunistas e personalidades homenagearam e se despediram do autor.




Veja a nota completa

Descansa em paz Quino, pai da #Mafalda 😪 🇦🇷


Hoje, aos 88 anos de idade faleceu Joaquín Salvador Lavado (1932-2020), popularmente conhecido como Quino, pai da Mafalda.


Muito obrigado por tua obra, a qual transcendeu fronteiras e conquistou um lugar especial no coração de milhões de brasileiros e brasileiras.


Mafalda Oficial

Tirinhas da Mafalda