• Claudia Godoy

Em resposta a Biden, Putin diz que Rússia vai desenvolver relações bilaterais com todo o mundo

Com informações da Sputnik

Em resposta às declarações do presidente norte-americano, Joe Biden, o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que a Rússia vai desenvolver suas relações bilaterais com todos os países do mundo, incluindo os EUA.

Anteriormente, o presidente norte-americano afirmou que Putin era um "assassino" e prometeu que o presidente russo "pagaria" por uma suposta interferência nas eleições presidenciais dos EUA em 2020.

Além disso, Putin afirmou que cada um vê na outra pessoa aquilo que vê quando se olha no espelho.


"A liderança dos EUA quer em geral ter determinadas relações com a Rússia, mas em suas condições", afirmou Putin.

"Os EUA pensam que nós somos como eles, mas nós temos um código genético diferente. Nós somos pessoas diferentes, mas nós podemos proteger nossos próprios interesses e eles vão ter de viver com isso", ressaltou.

A identidade do establishment norte-americano se formou em condições difíceis e está geralmente associada ao genocídio da população local, afirmou Putin ao lembrar que ao longo da história, genocídio de tribos indígenas e escravidão formaram a mentalidade norte-americana.

Além disso, Vladimir Putin comentou as palavras de Biden desejando-lhe saúde e recordando-lhe que avaliar as outras pessoas é o mesmo que olhar no espelho.

"Nós nos conhecemos pessoalmente. E o que eu responderia a ele. Eu diria a ele: tenha muita saúde. Desejo-lhe saúde. Não digo isso de forma irônica, isso não é uma piada", enfatizou Putin durante uma reunião virtual, nesta quinta-feira (18), com representantes da Crimeia e Sevastopol.

"Se nos aprofundarmos no assunto, então eu diria que há muitos eventos difíceis, dramáticos e sangrentos na história de cada nação. Mas quando avaliamos outras pessoas, ou mesmo quando avaliamos outras nações, outros povos, sempre observamos como se estivéssemos olhando no espelho. Sempre nos vemos a nós mesmos", afirmou o líder russo.

Putin ainda afirmou que a atitude de Biden tem um significado profundo e se trata de um caso psicológico.


"Nós sempre vemos nossas próprias qualidades na outra pessoa e pensamos que ela é igual a nós. Partindo disso, avaliamos suas ações e fazemos sua avaliação geral", concluiu.


O porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, afirmou que a abordagem da Rússia da relação com os EUA será analisada em um futuro próximo, inclusive durante consultas com o embaixador russo em Washington, Anatoly Antonov.