• Claudia Godoy

Em homenagem ao Dia Mundial das Abelhas bosque é inaugurado no DF


Por: Claudia Godoy

Em celebração ao Dia Mundial da Abelha, foi inaugurado, neste mês, no Distrito Federal, o Bosque das Abelhas. Os responsáveis pelo projeto são o Instituto Abelha Nativa, meliponicultores e autoridades do governo do Distrito Federal, Organização das Nações Unidas e da embaixada da Eslovênia, que foi uma das apoiadoras dessa iniciativa para a preservação das abelhas nativas do cerrado.

O Bosque das Abelhas fará parte de um corredor ecológico, previsto para ser concluído em cinco anos, que vai do Parque da Cidade até o Parque Nacional de Brasília. Serão 10 km de extensão e 45 mil árvores plantadas, dando origem ao segundo maior corredor de abelhas do mundo, sendo o primeiro em Londres, com 11 km. Logo, as primeiras colmeias de abelhas sem ferrão serão levadas para o local, incluindo as colmeias pintadas pelos alunos da Escola das Nações, em uma ação realizada pela Embaixada da Eslovênia.


O Dia Mundial das Abelhas foi estabelecido pela ONU durante a Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro de 2017 e é comemorado todo dia 20 de maio desde 2018. O dia escolhido foi uma homenagem ao esloveno Anton Janša, nascido em 1734 e considerado o pioneiro da apicultura moderna.


As estimativas são de que 90% da plantas com flores dependem de polinizadores animais. São culturas dependentes de polinização o maracujá, a melancia, a maçã, a ameixa, dentre outras. A polinização por abelhas deve ser encarada como um insumo, uma vez que se não polinizada, a perda de produção pode variar entre 40% e 100%.