• Claudia Godoy

Cuba anuncia mais uma candidata a vacina contra a covid-19. Agora são cinco

Com informações do Brasil de Fato

Cuba anunciou, nesta semana, o início do desenvolvimento da quinta vacina contra a covid-19, a Soberana 01A. A nova fórmula busca diminuir os riscos de novo contágio em pacientes que já foram infectados com a doença.

O país também possui outros quatro imunizantes em distintas fases: a Soberana 01, já na etapa II de teses; a Soberana 02, a candidata vacinal mais avançada, com 150 mil doses produzidas; a Abdala, que iniciará a fase III de provas, na capital Havana e em Santiago, com aplicação em 42 mil voluntários, a partir da próxima semana; e a Mambisa, ainda na primeira fase de testes clínicos, que seria o primeiro medicamento contra a covid-19 com aplicação nasal.

A Soberana 02 tem duas combinações distintas que estão sendo testadas, ambas baseadas na proteína RBD (receptor-binding domain, da tradução em português domínio de união ao receptor), aliada a um toxoide tetânico. Os cientistas cubanos usaram uma vacina desenvolvida em 2004 contra o vírus Influenza como base para criar o novo fármaco.


"Em cada um dos passos estamos cumprindo com todas a regulamentação nacional e internacional, com o rigor científico necessário", afirmou a diretora do Centro de Controle Estatal de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed), Olga Lidia Jacobo.