• Claudia Godoy

Criado há 2 000 anos, cuju chinês é considerado pela FIFA como um dos precursores do futebol

Por: Claudia Godoy


O cuju (do chinês 蹴鞠, cùjú), um antigo jogo chinês criado há mais de 2 000 anos, é reconhecido pela FIFA como um dos precursores do futebol moderno. O jogo tinha um objetivo similar ao do futebol atual: chutar a bola em direção à rede do gol.

Neymar, Ronaldo, Kaká e Ronaldinho são os nomes de jogadores brasileiros mais conhecidos entre os chineses. Muitos jogadores brasileiros jogam na China hoje, como Elkeson de Oliveira, Alan Douglas e Aloísio dos Santos.


A China sediou a primeira Copa do Mundo de Futebol Feminino em 1991, na cidade de Guangzhou. O evento foi um marco mundial para o futebol feminino.


Historiadores contam que os ingleses adquiriram o hábito de chutar uma bola de couro, símbolo da cabeça de um membro do exército da Dinamarca, como forma de comemorar a expulsão dos dinamarqueses de seu país no século X.


O futebol chegou ao Brasil, no final do século XIX, através de Charles Miller.


Há 3 000 anos, o "pok ta pok", da cultura maia, descrito pelos padres jesuítas como um jogo similar ao futebol era praticado nas reduções jesuíticas do Paraguai.