• Claudia Godoy

Covid-19: campanha de testes de vacinas chinesas avança sem reações adversas

Por: Diário do Povo

Tian Baoguo, vice-diretor do Departamento de Desenvolvimento Social do Ministério da Ciência e Tecnologia, declarou em uma coletiva de imprensa sobre o Mecanismo Conjunto de Prevenção e Controle do Conselho de Estado, realizada nesta terça-feira (20), que nos quatro ensaios clínicos na fase III da nova vacina contra o coronavírus um total de 60.000 indivíduos foram testados sem que tenham apresentado qualquer reação adversa séria.


Os resultados dos ensaios clínicos da fase III são um indicador de eficácia reconhecido internacionalmente para verificar a segurança das vacinas.

Tian Baoguo afirmou que qualquer tipo de vacina, seja no estágio de ensaio clínico ou de uso em larga escala após a comercialização, pode apresentar reações adversas. Na nova vacina contra o coronavírus, atualmente na terceira fase de ensaios clínicos foram detetadas reações adversas leves, como dores locais e inchaço no local de administração, além de febre baixa e transitória.

Liu Jingzhen, presidente do Sinopharm Group, disse que duas vacinas inativadas produzidas pelo Instituto de Produtos Biológicos de Beijing e pelo Instituto de Produtos Biológicos de Wuhan, afiliados ao Grupo Sinopharm, estão atualmente na terceira fase de testes clínicos em 10 países, incluindo os Emirados Árabes Unidos. Até agora, nenhuma notificação de reações adversas graves foi observada. Gao Qiang, gerente da SinoVac, disse que os parceiros da empresa no Brasil, Indonésia e Turquia estabeleceram um sistema completo de monitoramento de reações adversas,com base nos requisitos de gestão de qualidade dos ensaios clínicos de medicamentos internacionalmente aceitos (GCP).


Até agora, algumas reações adversas leves foram identificadas, mas nenhum dos parceiros relatou reações graves relacionadas com a vacina.

61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com