• Claudia Godoy

Começa Copa América no Brasil depois de incertezas

Por: Claudia Godoy

Brasil e Venezuela dão o ponta-pé inicial na Copa América, neste domingo (13), depois de uma série de incertezas em torno da realização do torneio no país. Acusado de assédio, Rogério Caboclo, o presidente da CBF, a Confederação Brasileira de Futebol, foi afastado da entidade. Os jogadores da seleção ameaçaram boicotar a Copa América por causa dos riscos de contaminação por covid. A Justiça brasileira recebeu vários pedidos de proibição da realização do torneio, que reúne dez times.

A Copa América foi transferida às pressas para o Brasil , depois das desistências de Colômbia, por causa de conflitos políticos, e da Argentina, devido ao agravamento da pandemia. Quatro cidades vão receber os jogos que terão a grande final no icônico estádio do Maracanã.

Rio de Janeiro, Goiás, Cuiabá e Brasília serão sede da mais antiga copa de times de futebol masculino do mundo. A Copa América é realizada desde 1916, esta é a segunda adiada por causa de pandemia. Em 1918, a gripe espanhola também impediu a realização do evento.


Por causa da covid, o Brasil adota medidas sanitárias para receber as cerca de 650 pessoas apenas das delegações dos clubes de futebol. Também chegam ao país a imprensa internacional para a cobertura do evento e equipes de apoio de diversas partes dos mundo.


O calendário dos jogos foi alterado para reduzir as viagens das equipes. No esquema de segurança, haverá preocupação com distanciamento social, transporte inteligente, restrição de circulação nos estádios, além de exames de covid a cada 48 horas. Nos últimos 10 anos o Brasil foi o maior campeão da Copa América, com cinco títulos, seguido por Chile e Uruguai, que foram campeões duas vezes cada um. O mascote escolhido para a Copa foi um cachorro típico da América do Sul, que se chama Pibe. A bola tem as cores das seleções que já foram campeãs.