• Claudia Godoy

Chineses celebram Ano Novo no Brasil com dança e artes marciais 

Com informações da Embaixada da China no Brasil

Em turnê pelo Brasil, a Companhia Artística e Cultural da Província de Henan passará por Recife, Foz do Iguaçu e Curitiba, com apresentações únicas em duas dessas cidades. Veja a agenda:

A agenda de programação inclui Recife, Foz do Iguaçu e Curitiba. Foto: embaixada da China.

A realização das celebrações do Ano Chinês é uma oportunidade para os imigrantes chineses que vivem no Brasil mostrarem ao povo que os acolheu a sua raíz e cultura própria.

Diversas nações do Oriente seguem calendários distintos do nosso. O calendário chinês é lunissolar, leva em consideração as fases da Lua e a posição do Sol.

O Ano Novo chinês começa na noite da Lua Nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário. Eles associam cada Ano Novo a um dos 12 animais que formam o zodíaco. Esses 12 animais foram escolhidos porque teriam atendido ao chamado de Buda (Siddhartha Gautama, mestre religioso e fundador do budismo no século VI antes de Cristo). Esses animais foram escolhidos porque teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Em 2020 será o ano do rato e ele se inicia em 25 de janeiro.

No Brasil, as celebrações do Ano Novo chinês contarão com apresentações de artes marciais dos monges guerreiros do Templo Shaolin e de dança da Companhia de Música e Dança de Zhengzhou.

Fotos: embaixada da China. 

ParaCegoeDeficienteVisual: há acima uma montagem com quatro fotos. Na primeira foto bailarinas estão num salto, no ar, enquanto seguram um lenço rosa e branco. Em outras duas fotos seguintes monges guerreiros apresentam sua arte marcial e numa quarta foto um casal de bailarinos dança.

A comunidade chinesa em São Paulo também organizou atividades para celebrar o Ano Novo. A celebração do Ano Novo Chinês, também conhecida como Festa da Primavera, marca a chegada dessa estação é o evento mais importante para o povo chinês, não somente em sua terra natal, mas também pelo mundo inteiro.

Todos os chineses celebram a festa com diversas manifestações culturais. À medida em que o intercâmbio cultural entre a China e outros países crescem, as celebrações do Ano Novo Chinês ganham maior relevância.

Desde 2010 o Ministério da Cultura e Turismo da China em conjunto com outras entidades culturais bem como instituições estrangeiras e associações de comunidades chinesas em diversos países vem promovendo celebrações do Ano Novo Chinês no mundo inteiro através do projeto conhecido como Feliz Ano Novo Chinês, tendo como intuito jubilar de partilhar essa festa com outros povos bem como instruir sobre a descendência da cultura e linhagem dos costumes chineses.

Em 2019, as celebrações do Feliz Ano Novo Chinês expandiram-se para mais de 140 países com 500 cidades envolvidas tornando-se o evento mais influente e abrangente de intercâmbio cultural entre a China e o Mundo.

É também uma oportunidade para diversas comunidades estrangeiras estreitarem os laços entre eles promovendo o diálogo intercultural, a convivência e a integração.