• Claudia Godoy

BRICS: Lavrov diz que pandemia fez aumentar tendência negativa das relações internacionais

Por: Claudia Godoy

Os ministros de Negócios Estrangeiros dos países que formam o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) se reuniram, neste início de mês, por videoconferência. Para o representante russo, "não são apenas os sistemas nacionais de saúde que estão sob pressão crescente".

Sergey Lavrov afirmou durante a reunião que "a pandemia fez com que as tendências negativas nas relações internacionais se tenham intensificado e o potencial de conflitos e o risco de destruição do sistema de estabilidade estratégica tenham aumentado".


O ministro russo de Negócios Estrangeiros analisou durante a reunião que: "o egoísmo nacional, o desejo de dominar a todo o custo e o desrespeito pelos interesses de outros países torpedeiam os alicerces do sistema multilateral estabelecido após a Segunda Guerra Mundial, sendo o direito internacional a sua pedra angular", acrescentando o ministro que se referia à Carta das Nações Unidas e não às "regras" inventadas". Com informações da embaixada da Rússia