• Claudia Godoy

Bom presente: ler Romeu e Julieta, uma das 38 peças de Shakespeare que chegaram aos dias atuais

Das peças escritas por William Shakespeare, que viveu entre 1564 e 1616, na Inglaterra, cerca de 38 chegaram até os dias atuais.



Escolhi sua peça mais famosa: Romeu e Julieta. Eu adoro esta história de amor. Apesar da tragédia possuir mais de 400 anos continua a se manter viva até hoje.


Para quem não gosta de histórias de amor, vale também ler Hamlet ou Rei Lear se quiser outra tragédia, ou A megera Domada, ou, ainda, Sonhos de uma noite de verão, caso prefira uma comédia como leitura para sua amada (o).


Romeu e Julieta é um texto de beleza fascinante, destes que nos fazem agradecer por estar vivos com lágrimas no final.


A história de Romeu e Julieta dispensa explicações.


Leia:

JULIETA – Quem és tu que, encoberto pela noite, entras em meu segredo?

ROMEU – Por um nome não sei como dizer-te quem eu seja. Meu nome, cara santa, me é odioso, por ser teu inimigo; se o tivesse diante de mim, escrito, o rasgaria.

JULIETA – Minhas orelhas ainda não beberam cem palavras sequer de tua boca, mas reconheço o tom. Não és Romeu, um dos Montecchios?

ROMEU – Não, bela menina; nem um nem outro, se isso te desgosta.

JULIETA – Dize-me como entraste e porque vieste. Muito alto é o muro do jardim, difícil de escalar, sendo o ponto a própria morte – se quem és atendermos – caso fosses encontrado por um dos meus parentes.

ROMEU – Do amor as lestes asas me fizeram transvoar o muro, pois barreira alguma conseguirá deter do amor o curso, tentando o amor tudo o que o amor realiza. Teus parentes, assim, não poderiam desviar-me do propósito.

JULIETA – No caso de seres visto, poderão matar-te.

ROMEU – Ai! Em teus olhos há maior perigo do que em vinte punhais de teus parentes. Olha-me com doçura, e é quanto basta para deixar-me à prova do ódio deles.

JULIETA – Por nada deste mundo desejara que fosses visto aqui.

ROMEU – A capa tenho da noite para deles ocultar-me. Basta que me ames, e eles que me vejam! Prefiro ter cerceada logo a vida pelo ódio deles, a ter morte longa, faltando o teu amor.



61 981755922

©2019 por BacuriNotícias. Orgulhosamente criado com Wix.com